domingo, 15 de novembro de 2009

CBJ

Agora eu sei exatamente o que fazer
Bom recomeçar poder contar com você
Pois eu me lembro de tudo irmão, eu estava lá também
Um homem quando está em paz não quer guerra com ninguém
Eu segurei minhas lágrimas, pois não queria demonstrar a emoção
Já que estava ali só pra observar e aprender um pouco mais sobre a percepção
Eles dizem que é impossível encontrar o amor sem perder a razão
Mas pra quem tem pensamento forte o impossível é só questão de opinião

E disso os loucos sabem
Só os loucos sabem
Disso os loucos sabem
Só os loucos sabem

Toda positividade eu desejo a você
pois precisamos disso nos dias de luta
O medo segue os nossos sonhos
O medo segue os nossos sonhos
Menina linda eu quero morar na sua rua

Você deixou saudade
Você deixou saudade
Quero te ver outra vez
Quero te ver outra vez
Você deixou saudade

Agora eu sei exatamente o que fazer
Bom recomeçar poder contar com você
Pois eu me lembro de tudo irmão, eu estava lá também
Um homem quando esta em paz não quer guerra com ninguém

sábado, 24 de outubro de 2009

Saudade...

Ah, se já perdemos a noção da hora
Se juntos já jogamos tudo fora
Me conta agora como hei de partir

Ah, se ao te conhecer
Dei pra sonhar, fiz tantos desvarios
Rompi com o mundo, queimei meus navios
Me diz pra onde é que inda posso ir

Se nós nas travessuras das noites eternas
Já confundimos tanto as nossas pernas
Diz com que pernas eu devo seguir

Se entornaste a nossa sorte pelo chão
Se na bagunça do teu coração
Meu sangue errou de veia e se perdeu

Como, se na desordem do armário embutido
Meu paletó enlaça o teu vestido
E o meu sapato inda pisa no teu

Como, se nos amamos feito dois pagãos
Teus seios ainda estão nas minhas mãos
Me explica com que cara eu vou sair

Não, acho que estás te fazendo de tonta
Te dei meus olhos pra tomares conta
Agora conta como hei de partir

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Setlist Janeiro 2007

1 - Se você ficasse um pouco mais - Alemão Ronaldo
2 - Onde o amor se esconde - Alemão Ronaldo
3 - Farol - Alemão Ronaldo
4 - One - U2
5 - Que loucura! - Cachorro Grande
6 - Novo super herói - Cachorro Grande
7 - Perto de mim - Cadillac'59
8 - Onde está - Fresno
9 - Teatro dos Vampiros - Legião Urbana
10 - Pra ver se cola - Los Hermanos
11 - Todo carnaval tem seu fim - Los Hermanos
12 - Cara estranho - Los Hermanos
13 - A flor - Los Hermanos
14 - O tempo - Los Hermanos
15 - A sombra do teu amor - Alemão Ronaldo + Mr. Pi
16 - Vagabundo - Ratto
17 - Toda forma de amor - Ratto
18 - Sina - Ratto
19 - O amor não sabe esperar - Ratto
20 - Olhando pra você - Drive
21 - Beijos, blues e poesia - K-sis
22 - Uma do Ben Harper

Tamofú


Essa é a realidade. Tamo tudo fu, galera! Jornalistas mentindo índices da gripe A. O que será que nós?

Por enquanto, to aqui. Mas o medo de sair na rua, por exemplo, é grande!
Ontem mesmo, peguei um bus pra ir pra aula do cursinho... Lotado! Fiquei com tanto medo de tocar nas partes do bus. Mas o que fazer tmb? É difícil... Muito complicado. E assim, vamos vivendo!

E o fim disso?
Oseltapavir.

Que loucura!

Tenho pressa pra chegar
Pressa de ir pra outro lugar
Em que possa me sentir
Dentro de uma bolha
Que flutua por aí

Pare de me perguntar
Onde eu quero chegar
Sinto que só quero ir
Em cima de um tapete
Que flutua por aí

Isso é uma loucura
Isso é uma loucura
Isso é uma loucura

Minha razão de existir
É ter você sempre aqui
Do meu lado e por que não?
Vem comigo num domingo
Voar no meu balão

Isso é uma loucura
Isso é uma loucura
Isso é uma loucura

segunda-feira, 27 de julho de 2009

(L)

O que estava longe, está aqui...
Dentro e tão perto
De um jeito tão certo que só cabe mesmo em mim...


B&E, pra sempre!

Na cidade da Coruja Jurema...

Ju, Pincess e Elisa - Foto: Ériksen



Então...

Num belo dia de começo de frio em Rio Grande, eu (por mim mesma) tive a brilhante ideia de fazer com meus amigos EngHaw (dispostinhos mor) um FINDI INVERNINHO. Mas o que seria um "FINDI INVERNINHO"?

Seria um final de semana de inverno rigoroso, em alguma cidade (em princípio, Bagé) gelada, que tivesse a possibilidade de neve. Uma verdadeira indiada, afinal quem gosta de passar frio?

Mandei um email a todos e, logo, tive as respectivas respostas. As que eu esperava. As que eu queria. "SIIIIM, VAMOS"! Então vamos! E fomos.

O local foi Guaporé, a cidade do nosso querido Érik. O frio? -4º na manhã de sábado, com direito a gelo no vidro do carro. Rolou amigo secreto, chocolate quente na Vovó Chica (uma padaria maravilhosa, onde encontrei, além do chocolate quente delicioso, bombons Smash de Morango!!!!), fotos pela cidade, passeio às lojas de jóias e lingeries, pizza (huuuuum), visita ao Cristo de Guaporé (na qual o caminho até lá é uma via sacra lindíssima), ida ao autódromo (onde conhecemos o Pulguento, que mais tarde seria a Pulguenta - porque era cã e não cão), churrasquinho do pai do Érik, muitos coraçõezinhos no almoço de domingo... E nada disso era "esquema".

Passar frio foi o de menos. Com eles, sempre é paunocuzagem garantida. Risos na madrugada, raposas saltitantes, termômetros marcando mínimas temperaturas, presentes dispostinhos, EngHaw na rádio, fotos e muitas histórias. Preciso dizer que quero bis?

Érik + Ju + Elisa + Vetão + Ana + pais queridos do Érik + Pincess = FINDI INVERNINHO MARA!

O próximo encontro? Dia 22. Adivinhem onde??? Ham ham...

Beijospratorcida.jpeg

Há tempos

Há tempos tive um sonho, não me lembro
não me lembro...
Tua tristeza é tão exata
E hoje o dia é tão bonito
Já estamos acostumados
A não termos mais nem isso.

Os sonhos vêm e os sonhos vão
O resto é imperfeito.
Disseste que se tua voz tivesse força igual
À imensa dor que sentes
Teu grito acordaria
Não só a tua casa
Mas a vizinhança inteira.

Há tempos o encanto está ausente
E há ferrugem nos sorrisos
E só o acaso estende os braços
A quem procura abrigo e proteção.
Meu amor, disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem
Ela disse: "Lá em casa tem um poço mas a água é muito limpa."

Tanto tempo sem ouvir Legião que esqueci, por uns tempos, o quanto é especial as letras do Renato. Obrigada!

domingo, 21 de junho de 2009

Casaco da Carol!



Este casaco, foi obra da querida Carol, lá de Joinville... Linda peça!

Carol, AMO VOCÊ!

sábado, 23 de maio de 2009

Mundo dos sonhos...

Quero andar descalço na calçada, ver alguém juntar um papel do chão, quero sentir a lágrima secando, ver alguém pedir perdão. Quero andar de noite no sereno, enxergar a lua prateada, quero ser a rosa mais bonita, enfeitando a escuridão. E quando o sol nascer, bater mais forte, em cada rosto, eu vou estar do jeito que eu sonhei... Quero andar de noite no sereno, enxergar a lua prateada, quero ter a rosa mais bonita, ver alguém fazendo amor. Quero andar descalço na calçada, ver alguém juntar um papel do chão. Quero sentir a lágrima secando, enxugando a escuridão.

Algo me fez pensar nos dias tristes que passei. A lágrima no olhar me fez pensar nos sonhos que eu deixei de ter...

(Anna Lógica, inspiração pro blog Telégrafos da Lua)

Depois da curva


Amanhã, talvez
Esse vendaval faça algum sentido

Dá pra se dizer

Qualquer coisa sobre todo mundo


Por hoje é só

Vou deixar passar a ventania

Talvez amanhã
Vento, vela e velocidade
Mar azul, céu azul sem nuvens

Logo ali depois da curva
Ali, logo ali,

Ali depois da curva


Amanhã talvez

Esse temporal saia do caminho

Dá pra escrever

O papel aceita toda qualquer coisa


Por hoje é só
Vou deixar passar a tempestade

Talvez amanhã

Água pura e toda verdade


Mar azul, céu azul sem nuvens

Logo ali depois da curva

Ali, logo ali,

Ali depois da curva


Ali, logo ali,

Ali depois da curva

Ali, logo ali


Eu vi, eu vim, venci a curva

terça-feira, 19 de maio de 2009

Anjos e Demônios


Recomendo a todas as pessoas que AMARAM "O Código Da Vinci" e que ADORAM o Tom (gatíssimo) Hanks. Sou péssima pra descrever filmes, mas digo que é sumpreendente e contagiante do início ao fim. =)


Aromática


Eram quase 19 horas. Eu estava a caminho do trabalho da minha mãe, correndo contra o tempo, afim de lugar nenhum. Com uma chuvisca fria, daqueles dias de inverno frios, gelados, ventando sobre o pescoço, bem por baixo de um cachecol. No fim da rua, relógio. Marcavam 18 e 55.

No começo, apenas era mais um dia, de uma rotina corrida, entre tantas outras pessoas que ali na rua iam e vinham, como eu, simples cidadã. Logo apareceu a diferença...

Senti um aroma estranho, um aroma saudoso, de passado no ar e no meio do passado um pingo de nostalgia, nostalgia boa, doce, carinhosa. Logo vi que conhecia aquele cheiro que tanto me "tocou".

Lembrei exatamente de algumas memórias que pra sempre irão ficar. Lembrei que o tempo é o dono da razão, mas que ele jamais traria de volta um tempo bom, um tempo amigo, que me dava risadas e choros de presente, bons e ruins. Lembrei de uma história, uma intenção. Lembrei de músicas, fases... Lembrei de mim mesma.


sexta-feira, 15 de maio de 2009

Sexta-feira 15


Eu adoro acordar, tomar um banho quentinho, sair de casa, sem pressa, sem esquecer nada... Comer um doce, acompanhado de suco de maracujá, ler o jornal e ver só notícias boas.

Ilusão? Não é. Basta enxergar o que se quer ver, o que se quer sentir. O doce das coisas não está num jornal (apenas nele), mas sim nas pessoas que fazem ele acontecer. Um poema que seja publicado por um leitor, ou então uma piada enviada por email, fotos na coluna social de pessoas que tu nunca viu na vida... Horóscopo, relatando como será teu dia, qual a cor que tu deve usar pra atrair boas vibrações, há quem não acredite e há que não saia de casa sem ler. A página policial contando que os bandidos mais perigosos da cidade foram presos ontem à noite em flagrante. A gripe suína não vem pra cá! Campanha de vacinação contra a febre amarela. Show da Fresno no sábado. Foto de um amigo publicada na página principal do caderno...

O jornal é tudo isso. E não só isso. É o que eu quero ver, o que eu posso absorver pro meu dia ser melhor. Coisas ruins existem em todo lugar, por isso leia o jornal, pra fazer o papel de violência travestida e seja uma pessoa como eu. Simples leitora. Simples papel. Simples 1,50. Simples Agora. Grande sonho. Grandes planos.


Yeah!

quinta-feira, 14 de maio de 2009

O frio!


Eu sei que já postei em vários lugares (fotolog, orkut, twitter, etc) sobre o frio, mas é que me encanta tanto que sempre há algo pra falar sobre a minha estação do ano favorita!

Ver as pessoas na rua, com cachecóis, mantas coloridas, umas mais saturadas que as outras... Pessoas querendo estar em casa, embaixo de um edredon quentinho, com uma xícara enorme de chocolate quente e muito merengue... Ou então assistindo a sessão da tarde, um filmezinho de 15 anos atrás, onde a Xuxa via duendes e até entrava num mundo surreal... Até a gripe fica bonita no inverno...

Inverno faz a gente viajar, nem que seja na maionese. Faz a gente namorar. Faz a gente querer estar juntinho num abraço. Faz a saudade aumentar. Faz os banhos ficarem menos prazerosos. Faz as mãos incharem. Faz a preguiça aumentar. Faz o quarto ficar mais bagunçado. Faz a gente estudar muito mais. Nhac!

Tragam logo julho pra mim???

=)
Brrrrrr... 9ºC

quarta-feira, 13 de maio de 2009

15 minutos

São 17:45 e logo estarei indo pra minha casinha estudar química orgânica... Parece chato, mas é divertido. Veja por um lado: ontem estava eu aqui reclamando da vida, da correria do cotiano, mas hoje fico feliz em estar aqui, viva, feliz, contente, em paz... Algumas coisas na vida a gente não deve se conformar mesmo, mas sim entender. Aceitar jamais! Mas entender sempre...

Chuvinha boa de fim de tarde, ninguém pra atender... Tava com uma vontade ENORME e gigante de comer pão de queijo. Mas não é qualquer pão de queijo. Era o pão de queijo do Posto aqui do Cassino, um pãozinho na hora, quentinho, ótimo pra comer com uma copinho de guaraná no friozinho. Nhuuum...

Agora vou pra casa. Já se passaram 4 minutos e eu preciso arrumar as minhas coisas. Não desistam de mim!

Sério.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Sinais de fogo

Sabe aquela vida bagunçada, com livros e cadernos empilhados na estante, junto com vários copos sujos de suco MIX da Tang, copinhos de iogurte de banana e colher de chá lambuzada? Noites mal dormidas, roupas perdidas, tênis cinza, muita noz de cola e desprazer... Sem contar as provas, trabalhos, horários a cumprir... Ou então o recado que eu não dei, o casaco que eu não peguei antes de sair de casa, a chuva em que me molhei toda pra chegar ao trabalho...

É.
Vida desorganizada sempre foi. Agenda. Esqueço de ler. Mas agora esgotou todos os limites de desordem... Causas eu tenho. Motivos tmb. Justificativas não.

Um rumo... Uma diversão... Um motivo alegre e contente que faça eu realizar todas as minhas missões de 2009 em paz!

E sim, vou conseguir! =)

Ouvindo Distúrbios do amor e rock... Ou aguma coisa parecida.
Yeah!

sexta-feira, 8 de maio de 2009

domingo, 22 de março de 2009

Play!



2006. Fui presenteada com um CD encantador, com músicas tão serenas e verdadeiras que toda vez que ouvia me tocava de certa forma. Adorava ligar o windows media player e ouvir "other side of the world". Pra mim, aquela música era exatamente o que eu sentia, retratava perfeitamente o meu momento. E só cabia a mim entender.
Como pode a distância unir/separar/unir duas pessoas? Talvez não seja dela a culpa e sim do amor.

2007. Continuava a ouvir o CD. Mas era diferente agora. Retratava meus momentos, mas doia saber que aquelas músicas haviam deixado de serem minhas, de fazer parte do meu "agora". Lembro que um dia tocou "acidentalmente" uma música e chorei aos prantos, por não entender o porquê daquela tortura sentimental e o porquê de eu não poder ser mais a pessoa da música. Acaso ou destino? TEMPO. Tudo na vida é uma questão de tempo.

2008. Outubro de 2008. Agora, passados 2 anos, eu havia voltado a ser a pessoa da música, mas sem estar do outro lado do mundo. Eu podia ser eu, o universo e você. Eu podia ser a pessoa que te levara pra bem longe, talvez num cavalo preto abaixo de uma cerejeira. E eu também podia ser a pessoa na qual ganhou uma música no show onde todas as músicas estavam reunidas.

KT Tunstall é uma cantora escocesa que fez sucesso com seus álbuns "Eye to the telescope", "Acoustic Extravaganza" e "Drastic Fantastic". Hoje ela faz sucesso com seu carisma, com sua simplicidade e seu humor. Preciso dizer que ela é preferida? Acho que dispensa comentários, né?

"We are just the same"

Sábias palavras

...escapei a minha mãe não indo ao quarto dela, mas não escapei de mim mesmo. Corri ao meu quarto, e entrei atrás de mim. Eu falava-me, eu perseguia-me, eu atirava-me à cama, e rolava comigo, e chorava, e abafava os soluços com a ponta do lençol. aquela tarde, nem Jurei não ir ver Capitununca mais, e fazer-me padre de uma vez. Via-me já ordenado, diante dela, que choraria de arrependimento e me pediria perdão, mas eu, frio e sereno, não teria mais que desprezo, muito desprezo; voltava-lhe as costas. Chamava-lhe perversa. Duas vezes dei por mim mordendo os dentes, como se a tivesse entre eles.
Da cama ouvi a voz dela, que viera passar o resto da tarde com minha mãe, e naturalmente comigo, como das outras vezes; mas, por maior que fosse o abalo que me deu, não me fez sair do quarto. Capitu ria alto, falava alto, como se me avisasse; eu continuava surdo, a sós comigo e o meu desprezo. A vontade que me dava era cravar-lhe as unhas no pescoço, enterrá-las bem, até ver-lhe sair a vida com sangue...

Dom Casmurro - Machado de Assis (capítulo O desespero)

segunda-feira, 16 de março de 2009

Paisagem da janela

Semana passada fui a Porto Alegre. Motivo: gravação do DVD do Pouca Vogal! O que eu não imaginava é que tudo seria tão lindo quanto foi...

Cenário simples e sofisticado, público árduo e em massa de todos os lugares do Brasil, as músicas mais exatas pra se tocar em duo, os meus dois ídolos em cima de um palco JUNTOS, amigos mais que queridos reunidos por um ideal... O que mais posso querer?

Semana e final de semana de muita comédia... 3 dias de CIEE + Bento Gonçalves!

Bom demais!!!!

Alguém quer tomar um cafézinho??? (off)

segunda-feira, 9 de março de 2009

Surto


Num piscar de olhos, tudo se transforma...

Como a vida nos surpreende a cada momento, não é mesmo? Uma gota pinga e tudo pode mudar através dela. Meu ipod caiu no chão... Isso pode ter afetado todo o meu dia. A chuva, desde ontem, não deu trégua (sem o trema). E se tivesse parado? Teria alagado a minha cozinha? O leite que tomei a noite, serviu pra alguma coisa? E o sabor da melancia que eu não comi desde sábado?
O fato de eu estar aqui também pode ser arrependedor... Ou não.

Tá vendo? Já passou...

quinta-feira, 5 de março de 2009

Luciano Leindecker está de volta!

Pois é. Notícia boa, não?

Nos dias 11, 12 e 13 (com sessão extra às 23h neste último) de março, às 21h, no Teatro do CIEE em Porto Alegre, a galera vai poder prestigiar a gravação do DVD do "Pouca Vogal". Além do Gessinger e do Leindecker, a dupla contará com a presença de uma orquestra - Orquestra POA POPS - e a participação ilustre do irmão do Duca Leindecker, o Luciano Leindecker. Há poucos meses, ele sofreu de um câncer na medula e "saiu de férias" para tratar deste câncer. O que os fãs não sabiam é que a recuperação seria tão rápida, o que alegrou geral o pessoal que torcia pela saúde do nosso querido músico da banda Cidadão Quem.

Pra quem não sabe...

Pouca Vogal é um duo de Humberto Gessinger - da banda Engenheiros do Hawaii - e de Duca Leindecker - da banda Cidadão Quem - , ambas bandas gaúchas. As músicas deste duo estão disponíveis em www.poucavogal.com.br e alguns vídeos de shows no site "YouTube".

Boas voltas ao Luciano!

quarta-feira, 4 de março de 2009

Por que "mudança"?

É fato que as pessoas sentem necessidade de mudança. Isto engloba todos os tipos de mudança, seja ela: trocar o caminho da escola, pintar o cabelo de vermelho em outubro e em novembro de verde, escolher outro tipo de salada no almoço, começar uma dieta avassaladora, beber Toddy no lugar de Nescau, escutar um rock pesado em vez de um voz e violão... Mas a mudança que relato é do estado de espírito das pessoas. E eu, como boa mortal, estou sempre procurando mudar de estado.
Vejam o mundo com os meus olhos: se você sofresse por algum acontecimento/problema na tua vida; se você chorasse por saudade de algo ou alguém que deixou marcas na tua vida; se todos os dias, literalmente, você fosse dormir tarde, precisando estar no trabalho na primeira hora da manhã; se você (eu digo VOCÊ) esquecesse com facilidade coisas como eu esqueço... Pense num mundo totalmente igual, todos os dias na sua vida, monótono, sem vida, sem cor... Abrir todos os dias o mesmo blog, a mesma página de relacionamento, com as mesmas pessoas. Viajar para lugares iguais, de 3 em 3 meses. Ou até querer escrever sempre as mesmas coisas, nos mesmos lugares, com as mesmas fotos. PENSE!
A mudança é necessária. E só é TÃO necessária porque precisamos mudar, precisamos crescer, precisamos pensar diferente a cada dia, ter novas ideias e sonhos. Trocar de roupa, passar uma sombra nos olhos de cor diferente, escrever uma carta para um amigo de longe, escutar uma música digna de se ter um bom dia... Mas além de todo esse superficialismo, existe algo dentro de você que precisa de mudança e ela SEMPRE vem no momento certo. Mas não espere pela mudança, pois você precisa mudar para que ela aconteça.



A palavra "mudança" me soa como algo "forte", "radical".

Testando...


Eu vou voando sempre nesse vendaval de palavras. A cada história que acontece vou jogando frases soltas pelo ar. E enquanto a lua inteira me telegrafar, vou deixar...

Telégrafos da Lua.

Sejam bem-vindos!
Algumas ideias minhas, algumas fantasias, algumas músicas prediletas... Em termos gerais, postarei sobre mim e você. Ou não...